Rapazolas e raparigas, tudo certo?
Aspirantes a desenhistas, hoje venho aqui pra falar um pouco sobre uma dúvida comum de quem está começando a desenhar… “Usar materiais simples de desenho vai fazer de mim um desenhista ruim?”
Você já teve um amigo que está começando a trilhar “o caminho do desenho” e que só compra materiais caros, dizendo que a qualidade do desenho é muito melhor e etc? Será que é necessário sempre comprar materiais caros?
É importante pra um desenhista, seja aspirante ou profissional, sempre experimentar materiais diferentes, seja de qualidade ou não. Isso te dá uma certa experiência, você aprende a ter “jogo de cintura”. Já ví uma galera em eventos fazendo caricaturas incríveis usando somente folha de sulfite e canetão “piloto” (conhecido como pincel atômico).

Vou citar o trabalho de um grande amigo, o Diegowl, que fez essa fan-art baseada em uma capa de revista da Vampira, dos X-men. Ele usou folha de sulfite e lápis de cor comum, desses de escola.

Lápis de cor escolar e folha sulfite.

Lápis de cor escolar e folha sulfite.

A realidade é que, não adianta ter os melhores materiais (e mais caros) se você não se empenha em ser um bom desenhista. Não é o material que faz o desenhista, o material é a sua ferramenta, só isso. A diferença é que alguns materiais podem ajudar no seu trabalho, por exemplo, folhas que absorvem melhor a tinta, canetas que não mancham seu desenho, etc.

É obvio que, se você vai apresentar seu portfólio em uma empresa ou fazer um trabalho de ilustração, use materiais com qualidades melhores pois isso dá uma boa impressão. Não precisa ser nada muito caro, mas também não vá usar folha de caderno!

Pra quem ta iniciando e ta com pouco dinheiro no bolso, existe uma variedade de materiais com preços acessíveis. Vou dar um exemplo usando papel canson, que é um papel um pouco mais grosso (gramatura) e que funciona bem com alguns materiais, como o lápis 6B e o nanquim. O preço vai variar na gramatura do papel. A gramatura mínima recomendada pra um acabamento em nanquim é de 140g/m².

Um bloco de 20 folhas, tamanho A4 (21x28cm), 140g/m² da marca Canson custa em média de R$4,00 a R$6,00 e é o mais barato do mercado. Pode ter algum ilustrador que vá dizer “esse bloco é da pior qualidade.” Bem, esse bloco é escolar, mas ele aguenta uma boa carga de nanquim sem vazar o verso da folha. Falo por experiência própria, consegui fazer MUITA coisa.

Escolar mas quebra um galho

Agora, as canetas. Você pode achar o preço absurdo, pois, quando ouvimos falar de canetas, nós pensamos naquela Bic de 1 real. Existem canetas de 30, 40, 50 reais dependendo da marca e do acabamento que ela dá, mas não é esse tipo de caneta que nos interessa.
Eu costumo usar 2 tipos de caneta, uma de ponta fina (pra detalhes menores e hachuras) da Staedtler Triplus Fineliner, e custa em média R$5,00, e outra de ponta mais grossa, a Caneta marcador Art Dual Brush – Tombow e custa em média R$15,00. Um pouco caro? Talvez. Mas ela tem duas pontas, de um lado é uma ponta porosa e do outro é um pincel.

Mas dá pra achar outras canetas de ponta porosa por um preço acessível, como a Caneta Ponta Porosa Softpoint da Faber Castell ou a Cis Fine. Ambas custam entre R$2,50 e R$4,00.

 

Se você é um desenhista iniciante que pode comprar materiais importados/caros, não se preocupe, NÃO É ERRADO, mas eu sei que essa não é a realidade de muitos aspirantes a desenhista.
E lembre-se, não importa se você usa material comum ou profissional, faça SEMPRE o melhor trabalho que você puder.
Em breve darei outras dicas de materiais de desenho e de desenho!

Espero ter ajudado!

Dúvidas, concorda ou discorda? Eu quero ouvir vocês: nerdsdofundao@nerdsdofundao.com.br

 

Share This