Detalhes do rosto – Orelha

Detalhes do rosto – Orelha

Amigos orelhudos, como vai essa vida de desenhista?
Na aula passada eu expliquei como desenhar uma boca realista aplicando sombras. Hoje é a vez da orelha.
Vamos dar uma olhada em algumas partes da orelha.

orelha

A orelha é composta por algumas partes como:
– Hélice;
– Anti-hélice;
– Concha;
– Tragus;
– Lóbulo;

Pra desenhar a orelha precisamos entender como ela é montada, para que depois possamos desenhá-la, simplificando ou não. Nossa orelha é formada por altos e baixos, como se fossem dunas. Nas partes mais altas é onde teremos os pontos de luz, e nas partes baixas, as sombras.

exemplos_orelha

Materiais usados nessa aula:
– Lápis 6B (já usamos anteriormente, ele tem o grafite muito mais escuro).
– Limpa-tipos (uma massa cinza usada pra não danificar e não borrar sua folha enquanto você apaga seu desenho).

Usando seu lápis 6B, vamos aos traços e sombreados. Dúvidas? clica lá embaixo nas imagens:
Passo 1: Vamos começar com a forma da orelha. Cuidado pra não fazer “asa de borboleta”;
Passo 2: Comece a fazer as linhas internas;
Passo 3: Faça as outras linhas;
Passo 4: Defina melhor o contorno da orelha;
Passo 5: Comece a fazer as sombras internas da orelha. Tente usar degradês (olha o exemplo);
Passo 6: Faça uma sombra mais leve no contorno do lóbulo e em algumas partes internas;
Passo 7: Agora, faça sombras na hélice e anti-hélice, reforçando alguns outros pontos;
Passo 8: Comece a fazer as sombras fora da orelha;
Passo 9: Reforce o contraste de luz e sombra e faça algumas sombras leves nas partes brancas;

exemplos_orelha_forma

orelha01orelha02orelha03

 

 

 

 

 

orelha04orelha05orelha06

 

 

 

 

 

 

orelha07orelha08orelha09

 

 

 

 

 

Esse modelo de orelha pode ser usado em outros estilos como cartoon e mangá. Basta adaptar e fazer as devidas mudanças de acordo com o estilo de desenho que você vai fazer.

orelhas_outros-estilos

E como sempre digo, limpe o pé de cebola da sua orelha observe as pessoas (em foto ou ao vivo) e veja os diferentes tipos de orelhas… E pratique!
E semana que vem vamos começar a falar do desenho do corpo humano. Yippie-Kai-Yay!!!

Por hoje é só, minha gente!

Brunão
@b_leal

Detalhes do rosto – Boca

Detalhes do rosto – Boca

Amigos bocudos, tudo bem?
Na aula passada eu expliquei como desenhar um nariz realista aplicando sombras. Hoje é a vez da boca.
Como de costume, vamos dar uma olhada em algumas partes da boca.

boca

A boca é composta por algumas partes como:
– Filtro;
– Nódulo;
– Lábio superior;
– Lábio inferior;
– Sulco mentolabial;

Materiais usados nessa aula:

– Lápis 6B (já usamos anteriormente, ele tem o grafite muito mais escuro).
– Limpa-tipos (uma massa cinza usada pra não danificar e não borrar sua folha enquanto você apaga seu desenho).

Pra começar, vou mostrar a “montagem” da boca. O lábio superior é composto por 3 blocos e o lábio inferior é composto por 2 blocos. É algo que não é muito visível, mas eles estão lá, e vão nos ajudar a construir e sombrear a boca. Segue Exemplo:

exemplos_boca

Usando seu lápis 6B, vamos aos traços e sombreados:

Passo 1: Vamos fazer a linha horizontal da boca, com pontos nas estremidades e uma linha de centro (vertical) em forma de arco;
Passo 2: Vamos fazer a marcação no lábio superior (perto do filtro) e na base do lábio inferior;
Passo 3: Agora monte o formato da boca, fazendo a marcação dos blocos (como falei lá em cima no exemplo);
Passo 4: Comece a sombrear a base do lábio superior e as extremidades da boca. Na dúvida? Olhe nos exemplos;
Passo 5: Faça o sombreado abaixo do lábio inferior;
Passo 6: Reforce a linha horizontal da boca. No lábio superior, reforce o contorno da sombra e reforce a sombra do lábio inferior também;
Passo 7: Faça uma sombra mais leve nas áreas em branco dos lábios;
Passo 8: E por fim, faça o sombreado da pele em volta da boca;

01-boca

02-boca03-boca04-boca

 

 

 

 

05-boca06-boca07-boca08-boca

 

 

 

 

 

 

Vale comentar aqui que você pode simplificar o estilo de desenho da boca (como nos mangás e cartoons), tudo vai depender da finalidade. E como sempre digo, Observe as pessoas (em foto ou ao vivo) e veja os diferentes tipos de bocas e pratique!

E semana que vem, vamos finalizar essa parte do rosto falando da orelha.

Por hoje é só, minha gente!

Brunão
@b_leal

Detalhes do rosto – Nariz

Detalhes do rosto – Nariz

Amigos narigudos, tudo bem?
Nas aula passada eu expliquei como desenhar um olho realista aplicando sombras. Hoje é a vez do nariz.
Como já tinha dito antes, vamos dar uma olhada em algumas partes do nariz (não precisa decorar os nomes 😉 )

nariz

O nariz é composto por algumas partes como:
– Raiz;
– Dorso nasal;
– Ápice nasal;
– Asa nasal;
– Base nasal;
– Narinas;

Certa vez eu comentei aqui da importância dos sólidos geométricos no desenho. E pra desenharmos o nariz, vamos fazer uso dessa dica.

Materiais usados nessa aula:

– Lápis 6B (já usamos anteriormente, ele tem o grafite muito mais escuro).
– Limpa-tipos (uma massa cinza usada pra não danificar e não borrar sua folha enquanto você apaga seu desenho).

Pra começar, nós vamos desenhar o nariz de forma geométrica. Pra facilitar pra vocês, eu vou colocar dois exemplos, só a forma e a forma preenchida com cores. Veja nas iBagens:

exemplos_forms_nariz

 

Usando seu lápis 6B, vamos aos traços e sombreados:
Passo 1: Desenhar a forma geométrica do nariz, como no exemplo. (Faça todas as marcações beeeeeeem de leve, por favor);
Passo 2: Vamos fazer as linhas do dorso nasal;
Passo 3: Aqui vamos fazer as marcações das cartilagens do nariz;
Passo 4: vamos marcar as asas nasais e as narinas;
Passo 5: Comece sombreando a parte de baixo do nariz e lá em cima na raiz (onde dá entrada pra sobrancelha);
Passo 6: Agora reforce as narinas e aplique alguns degradês na asa nasal e mais ao centro (olha lá o exemplo);
Passo 7: Aqui começamos a aplicar os tons médio. Vamos sombrear de leve as laterais e um pouco do dorso nasal;
Passo 8: Agora reforce as sombras no geral, deixando um degradê entre a raiz e o dorso (onde vai ficar o maior ponto de luz);

nariz_01nariz_02nariz_03nariz_04

nariz_05nariz_06nariz_07nariz_08

Esse é o exemplo de um Nariz realista. No mangá eu sei que os narizes são mais simplificados, mas mesmo assim, preste atenção em suas formas e tamanho. O nariz está totalmente ligado na posição dos olhos e na linha de centro do rosto.

exemplos_kuroko

exemplo-hitmanexemplo-prophecy

E como sempre digo, observe as pessoas (em foto ou ao vivo) e veja os diferentes tipos de narizes existentes… E pratique!
E semana que vem vamos falar da boca.

Por hoje é só, minha gente!

Brunão
@b_leal

 

Detalhes do rosto – Olho

Detalhes do rosto – Olho

Amigos olhudos, tudo bem?
Nas outras postagens, quando desenhamos a cabeça, ficou faltando dar mais atenção aos elementos do rosto, que são os olhos, nariz, boca e orelhas. E hoje começaremos com os olhos.
É importante que você, desenhista, conheça um pouco de anatomia. Não precisa conhecer minuciosamente, mas só o suficiente pra saber como os elementos se posicionam no rosto.
Vamos começar com a anatomia dos olhos (não, você não precisa decorar os nomes). Os olhos são constituídos por:

olho_olho

-Pálpebra superior;
– Cílios;
– Córnea (parte transparente);
– Íris (parte colorida);
– Pupila;
– Pálpebra Inferior;
– Esclera;

 

Materiais usados nessa dica:

– Lápis 6B: Já usamos anteriormente, ele tem o grafite muito mais escuro.

– Limpa-tipos: Uma massa cinza usada pra não danificar e não borrar sua folha enquanto você apaga seu desenho.

Pra começar, nós vamos desenhar uma forma simples no rosto. É como se fosse o tamanho total do olho, incluindo sobrancelhas e o volume que tem abaixo do olho. Se liga no Exemplo:

exemplo_olho_cabeça

Usando seu lápis 6B, vamos aos traços e sombreados (mais abaixo tem os desenhos exemplificando):
Passo 1: Desenhar forma simples (incluindo sobrancelha, como dito antes).
Passo 2: Fazer a marcação da pálpebra superior.
Passo 3: Desenhar o olho (com íris, pupila e esclera)
Passo 4: Aqui vamos começar a sombrear os tons escuros.
Passo 5: Faça o sombreado da pupila, da íris e da pálpebra superior.
Passo 6: Comece a fazer os tons mais claros, e faça o sombreado abaixo da pálpebra inferior. Adicione um brilho no olho usando o limpa-tipos.
Passo 7: Faça os tons mais escuros, marcando o contorno da íris, da pálpebra superior, e efeitos de fios na sobrancelha pra reforçar.
Passo 8: Adicione mais alguns sombreados leves na pálpebra superior e na esclera.
Passo 9: Por fim, adicione os cílios, reforce algumas sombras, e apague de leve algumas imperfeições.

Passo 1           02_olho           03_olho

04_olho           05_olho           06_olho

07_olho           08_olho           09_olho

Esse é o exemplo de um olho realista. Eu entendo que nem todo mundo quer aprender a desenhar nesse estilo realista, então vocês podem adaptar os olhos realistas em um estilo mangá ou cartoon. Pra facilitar, seguem alguns exemplos:

olhos_Mangáolhos_cartoon

 

 

 

 

 

 

Em quase todos os exemplos é possível ver a esclera, íris, pupila e pálpebra superior.

E como sempre digo, observe as pessoas (em foto ou ao vivo) e veja os diferentes tipos de olhos que existem e pratique!
E semana que vem vamos falar do nariz.
Por hoje é só, minha gente!

Brunão
@b_leal

 

Acabamento – Exemplo prático

Acabamento – Exemplo prático

Gente bonita e cheirosa (?) do NDF e da internet, tudo certo?
Hoje infelizmente eu fui sabotado pela minha internet (e pelo universo)! Eu gravei e editei um vídeo explicando na prática como aplicar alguns acabamentos simples, mas a internet falhou comigo… 🙁 mas eu sou desenhista e não desisto nunca!
Mas de qualquer forma, hoje vou mostrar como aplicar alguns tipos de acabamentos usando caneta de ponta porosa, caneta de ponta fina e lápis 6B. É importante dizer novamente que, não existe um padrão de estilo de acabamento (como disse na aula passada). Tanto no uso da caneta, quanto no uso do lápis, podemos fazer variações de acabamento.

Vamos começar com alguns efeitos que vamos utilizar nos acabamentos.
Traçado artístico: É a variação na espessura do traço.
Hachuras: São essas linhas que usamos pra fazer sombreado ou pra dar volume.
Efeito de fios: Como o nome já diz, é o efeito que utilizamos para fazer efeito de cabelo ou pêlos.
Degradê: É a variação no tom, que deve mudar gradativamente.

ex-acabamentos

Depois de desenhar e transferir o desenho (ou se vc conseguir fazer todo o rascunho beeeem de leve), vamos começar os acabamentos.
Aqui eu mostro 4 tipos de acabamentos, lembrando que esses são os acabamentos mais básicos e comuns.

Exemplo 1
Aqui eu apliquei o traçado artístico. Com a minha caneta de ponta porosa eu contornei o meu desenho tentando fazer a variação do traço, e em alguns pontos eu deixei o traço “aberto” pra deixar interessante.

Exemplo 2
Aqui eu fiz o mesmo acabamento com a caneta de ponta porosa, mas em alguns pontos eu usei a caneta de ponta fina pra fazer algumas hachuras (como nos olhos e no rosto) e alguns fios a mais nos cabelos.

Exemplo 3
Aqui, o mesmo traçado artístico, mas preenchi alguns detalhes com o lápis 6B (como cabelo e sobrancelhas).

Exemplo 4
Aqui usei somente o lápis 6B. Apliquei alguns sombreados e degradês, e no cabelo apliquei o efeito de fios.

Exemplo 1

Exemplo 1

Exemplo 2

Exemplo 2

Exemplo 3

Exemplo 3

Exemplo 4

Exemplo 4

 

 

 

 

 

 

 

Bom, espero que mesmo essa mínima mistura de acabamentos possa ter ajudado vocês. Semana que vem tem mais dicas (e espero que sem nenhuma armadilha de internet).

Por hoje é só, minha gente!

Brunão
@b_leal